IT Mídia
Notícias em destaque
RSS
por Silvana Orsini (Gazeta Mercantil)
Gestão | 26 de janeiro de 2009

A atual situação dos hospitais no Brasil

Henrique Salvador, presidente da Anahp, confirma que em 2008 os investimentos nos hospitais cresceram

O setor Saúde no Brasil passa por uma fase de ajuste, mas os hospitais particulares tiveram um desempenho acima da média com investimentos em pesquisa, expansão física e treinamento de pessoas. Henrique Salvador, presidente da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), fala do segmento em entrevista exclusiva ao InvestNews.

O executivo confirma que em 2008 os investimentos nos hospitais cresceram apesar de o número de leitos não registrar aumento significativo. No entanto, a expectativa para 2009 e 2010 é de ampliação. Também deve aumentar o número de novas incorporações tecnológicas, em função dos investimentos feitos pelas instituições em 2008.

Deixe o seu comentário sobre esta notícia

Tem mais informações sobre o tema? Então, clique

O faturamento estimado dos 37 hospitais da Anahp – distribuídos em 11 estados -alcançou R$ 6,3 bilhões em 2007, o equivalente à cerca de 15% das despesas assistenciais no Sistema de Saúde Suplementar brasileiro. No período, foram contabilizadas cerca de 570 mil internações, com geração de 45,2 mil empregos diretos. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) das instituições associadas no ano passado foi 15,7%. Do faturamento dos associados, cerca de 90% provém do atendimento a convênios distribuídos em: 46,7% referente a seguradoras; 23,1%, autogestão; 20,7%, medicina de grupo e 9,5%, cooperativas. Juntos, os hospitais da Anahp dispõem de 8.455 leitos, sendo 25%, aproximadamente, de leitos de UTIs e Semi-intensivas. Criada em maio de 2001, a associação nasceu da necessidade de o setor fomentar o segmento de saúde suplementar, liderando o processo de melhoria contínua do segmento em busca de eficiência, por meio de melhores práticas de gestão assistencial.

InvestNews – Com está a situação dos hospitais no País? Qual o quadro?

Henrique Salvador – De uma forma geral, o setor de Saúde passa por uma fase de ajuste. Há crise de financiamento, mas os hospitais da Anahp tiveram um desempenho acima da média. As instituições investiram em pesquisa, nível de qualidade, ampliação física, preparação de pessoal e tecnologia. Foi um ano de muito crescimento. Em 2008 e 2009 – ainda não fechamos -, o resultado deverá ser positivo.

InvestNews – A crise financeira mundial nos últimos meses de 2008 afetou de alguma forma o segmento?

Henrique Salvador – A crise financeira ainda não chegou aos hospitais privados. Apesar da recessão – como muitos dizem que vem por aí – a rede privada, em 2009, terá mais oportunidade de competir no mercado. As instituições privadas vão investir em melhoria de serviços, em gerenciamento e apostar no custo-benefício. Mas não posso deixar de dizer que todos estão na expectativa.

InvestNews – Mas a alta do dólar não afeta a compra de insumos e equipamentos tecnológicos?

Henrique Salvador – É verdade que, se a alta do dólar continuar, muitas empresas deverão restringir benefícios a seus funcionários, como planos de saúde, por exemplo. Isso será ruim, principalmente para os hospitais públicos. Muitos usuários ficarão sem assistência médica e recorrerão ao Sistema Único de Saúde (SUS). As instituições privadas também serão prejudicadas com essa redução, uma vez que a maioria dos clientes é de planos de saúde. No entanto, as instituições privadas podem investir em ações para otimizar custos, como a padronização de insumos e materiais hospitalares. Mas existem alguns investimentos que não podem retroagir, como atualização tecnológica, que vem agregar valor. As horas anuais de treinamento dos empregados dos hospitais da Anahp, que cresceram 7,7% em 2007, passando de 26 horas por funcionário em 2006 para 28 horas em 2007, por exemplo . Esses investimentos tiveram reflexo positivo nos indicadores de qualidade dos associados, como a redução das taxas de mortalidade e de infecção hospitalar. Cada hospital tem sua característica de atendimento – diferenciais procurados pelos clientes de cada um -, como o Nove de Julho, o Sírio Libanês, o Copa D”Or, no Rio de Janeiro, entre outros.

InvestNews – O que esperar para 2009?

Henrique Salvador – De 2009 a 2010 assistiremos há uma expansão no número de leitos, investimentos em tecnologia, equipamentos de informação, capacitação de pessoal, melhores práticas, especialização e acreditação dos hospitais além de padronização de insumos e materiais – dentro de um padrão e gestão de excelência – que funcionará como diferencial.

InvestNews – A acreditação, então, funciona também como diferencial?

Henrique Salvador – Sim. Os objetivos principais da acreditação hospitalar são melhorar a qualidade dos cuidados com os pacientes e acompanhantes e proporcionar um ambiente livre de riscos aos que circulam na instituição, dentro de padrões de excelência reconhecidos internacionalmente. A partir disso, e com o desenvolvimento do processo de educação, de acordo com o Manual de Padrões de Acreditação Hospitalar, é possível discutir, criteriosamente, os achados da avaliação e desenvolver um plano de ações capazes de promover a efetiva melhoria do desempenho da instituição.

InvestNews – Como é esse manual?

Henrique Salvador – No manual brasileiro de acreditação hospitalar há seções e subseções. Nas subseções existem padrões definidos de acordo com três níveis : Nível I (contemplam o atendimento aos requisitos básicos da qualidade na assistência prestada ao cliente, nas especialidades e serviços do hospital, com os recursos humanos compatíveis com a complexidade, qualificação adequada -habilitação- dos profissionais e responsável técnico com habilitação correspondente para as áreas de atuação institucional.) Nível 2 ( Evidências de adoção do planejamento na organização da assistência hospitalar, referentes à documentação, corpo funcional – força de trabalho – , treinamento, controle, estatísticas básicas para a tomada de decisão clínica e gerencial e práticas de auditoria interna. ) e Nível 3 ( evidências de políticas institucionais de melhoria contínua em termos de estrutura, novas tecnologias, atualização técnico-profissional, ações assistenciais e procedimentos médico-sanitários. Evidências objetivas de utilização da tecnologia da informação, disseminação global e sistêmica de rotinas padronizadas e avaliadas com foco na busca de excelência).

InvestNews – Todos os associados da Anahp são acreditados?

Henrique Salvador – No cenário brasileiro, os hospitais acreditados da Anahp já representam quase a metade do total de instituições do Brasil que possuem acreditação da JCI (Joint Commission International (JCI) – um dos mais importantes órgãos avaliadores de qualidade de saúde ) – ou da ONA níveis Pleno e de Excelência (II e III), pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), principal órgão acreditador da saúde no Brasil.

Catálogo Hospitalar Busca de serviços e equipamentos hospitalares, medicina e saúde
RSS
Parceiros

Portais: IT Mídia | IT Web | Saúde Web

Fóruns: IT Forum | IT Forum + | IT Business Forum | Saúde Business Forum