IT Mídia
Notícias em destaque
RSS
por Saúde Business Web
Serviço | 10 de dezembro de 2010

Centro de reprodução humana do ABC inaugura prédio

Com novas instalações, unidade pretende triplicar atendimento

A Genética e Reprodução Humana da Faculdade de Medicina do ABC, em Santo André (SP), inaugura no próximo sábado (11) prédio próprio para realização de inseminações, consultas, exames e até mesmo procedimentos cirúrgicos. O serviço universitário de reprodução assistida pretende triplicar de tamanho.

“O ABC Paulista sediará o maior serviço de reprodução assistida do país. Hoje já realizamos mensalmente cerca de 100 ciclos de fertilização. São 300 a 400 novas consultas todos os meses”, disse o professor responsável pelo setor de Genética e Reprodução Humana da FMABC, Caio Parente Barbosa, em comunicado.

Com 3 andares e área construída de 2.000 m2, o novo prédio da Reprodução Humana tem capacidade instalada para até 900 ciclos de fertilização por mês e funcionará 7 dias por semana.

Dedicado a procedimentos ginecológicos em nível de Hospital Dia, o piso térreo é composto por três salas no Centro Cirúrgico interligadas ao laboratório. Também abriga o Banco de Sêmen, posto de enfermagem, farmácia e vestiários, além de salas de esterilização e recuperação pós anestésica e de documentação.

O primeiro andar é exclusivo para a reprodução assistida. São 12 salas para acompanhamento das pacientes em consultas e exames de ultrassom. Outras 3 para coleta de sêmen e espaço reservado para análise seminal (espermograma). O piso também abriga anfiteatro com capacidade para 52 lugares e interligação direta com o Centro Cirúrgico.

Segundo Barbosa, as cirurgias poderão ser transmitidas ao vivo em tempo real para qualquer lugar do mundo. Dessa forma, segundo ele, será possível intensificar e aperfeiçoar cursos e treinamentos, inclusive com participações “virtuais” de profissionais estrangeiros nos eventos.

Junto à renovação da área física, o setor dará início ao primeiro projeto brasileiro de preservação da fertilidade feminina. Batizada Ideia Fértil, a iniciativa visa a captação de recursos que viabilizem o atendimento gratuito de mulheres com risco de perda de fertilidade, como pacientes com câncer de mama.

O Ideia Fértil funcionará no 2º andar, onde também será feito atendimento ginecológico global. O Centro de Reprodução Assistida em Situações Especiais (CRASE), que atende casos de infecções virais crônicas como HIV e hepatites B e C, continuará no prédio do Centro de Pesquisas CEPES, localizado em frente às novas instalações da Reprodução Humana. A área recebe hoje entre 10 a 15 pacientes por semana e a previsão é de que o número cresça para até 100 pacientes/semana graças à recente parceria firmada com Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e Organização Panamericana da Saúde (OPAS), que torna o tratamento gratuito para casais com HIV.

O último andar do novo prédio abrigará  o Centro de Referência Adolescente Cidadão Esperança – iniciativa do Instituto de Hebiatria da FMABC, cuja missão é proporcionar atenção integral gratuita à saúde do adolescente e assessorar programas e projetos na região do ABC.

Estima-se que aproximadamente 15% da população sofra de infertilidade. Em geral os problemas são 40% dos homens, 40% das mulheres e 20% do casal. Nos homens, a grande maioria está relacionada à falta de espermatozoides. Já no público feminino as causas principais são endometriose e distúrbios de ovulação.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

 

Catálogo Hospitalar Busca de serviços e equipamentos hospitalares, medicina e saúde
RSS
Parceiros

Portais: IT Mídia | IT Web | Saúde Web

Fóruns: IT Forum | IT Forum + | IT Business Forum | Saúde Business Forum